Como ficar rico investindo bem

Tempo de leitura: 5 minutos

Então você já está estabelecendo bons hábitos e já está poupando. Parabéns! Agora você deve elaborar um planejamento financeiro e buscar implementá-lo, de preferência buscando os investimentos mais rentáveis do mercado. Afinal, não há magia para ficar rico, existe, sim, uma ciência para ficar rico.

Entendo, você não é um expert em finanças. Tudo bem, 99% dos brasileiros não compreende ao menos a noção de anatocismo (palavra chique para juros compostos), se você já entender o poder exponencial do ganho com juros compostos, já temos um ótimo ponto de partida!

E o problema é que os 1% que tentam aprender, recebem a indicação de alguma teoria econômica tradicional, escrita por estrangeiros e fica repetindo, sem analisar se o que funciona lá fora é o mesmo que funciona aqui. É por isso que eu tive que descobrir a duras penas que vários conceitos tradicionais não se aplicam ao Brasil e que existem formas de ficar rico aqui que não existem lá fora (por isso esse é um guia somente para brasileiros).

Por exemplo, existe a tese de que investimentos mais arriscados devem pagar maior retorno. É uma espécie de seguro para compensar o risco que se corre. Assim, no Passivo de uma empresa, existem os capitais próprios (remunerados com lucros) e os capitais de terceiros (remunerados com juros). Os capitais de terceiros rendem um valor fixo, supostamente menor do que os capitais próprios, que estão sujeitos ao risco do negócio.

Porém, a renda fixa brasileira contraria toda a teoria. Se você traça um gráfico do CDI contra o Ibovespa desde o início do Plano Real, o CDI ganha. Se você resolve traçar apenas após 2000 ou 2002, já que antes as taxas de juros estiveram na estratosfera, adivinhe: o CDI ganha novamente.

É verdade que há períodos em que o Ibovespa cresce a uma taxa rápida, mas depois há períodos em que anda de lado ou até cai (o Ibovespa, não me entenda mal, é muito lucrativo. A questão é que nossa renda fixa é incomparável, turbinada, sem nada parecido em todo o mundo).

Enfim, esse é um guia brasileiro de como ficar rico. Pois em nenhum outro país do mundo é tão fácil ficar rico como aqui. Nem risco você precisa correr! E se souber escolher uma renda fixa, como as que pagam até 30% a mais do que o DI, vira covardia. Os investimentos em renda variável, de uma maneira geral, não pagam nem o café com pão (por isso só investimos na Bolsa contrariando todas as teorias: com timing e um stock pickingaltamente criterioso, ou seja, evitando ETFs).

Bom, o guia é voltado para como o brasileiro ficar rico, mas tem uma porção de gringos que não “respeitam” essa questão de nacionalidade (risos!), fazem carry trade e aproveitam a chance que o brasileiro deixa passar (deixa passar porque a poupança interna do brasileiro é inferior a 20%, enquanto na China, é de 44%, dados de 2011).

Aqui no Brasil, quando você ensina finanças pessoais tem que falar para o brasileiro poupar 10 ou 20% de sua renda. Se o mesmo especialista vivesse na Coréia do Sul, provavelmente falaria em 35%.

Mas o que é carry trade? Como a poupança do brasileiro não é suficiente para realizar os investimentos necessários, é necessário o gringo aportar dinheiro. Ele toma dinheiro a juros baixos lá fora, empresta aqui com juros elevados, embolsa a diferença sem tirar nada do próprio bolso e fica rico, quer dizer, milionário com a bobeira que nós estamos dando. Tirando os momentos de crise (quando é necessário comprar um dólar futuro para garantir a rentabilidade), a receita dos gringos é uma beleza.

Como ser rico e trabalhar com o que quiser

Se já aprendeu a gastar e a investir com sabedoria, refletindo sobre o que lhe dizem, não apenas repetindo os mantras do mercado financeiro, você passa a acumular riqueza.

Quem tem gastos controlados e começa a acumular patrimônio, sai do campo das necessidades (onde tudo é feito “porque é preciso”) e passa a fazer escolhas. Por isso se usa o termo independência financeira, porque a pessoa se torna autônoma, ou seja, ela passa a fazer suas opções.

Nesse estágio, da independência financeira, você terá a tranquilidade para imaginar, planejar e executar um projeto pessoal, inclusive de geração de novas fontes de renda. Pode ser uma capacitação profissional de alto nível, pode ser um novo negócio, pode até mesmo significar largar seu trabalho atual e começar um novo empreendimento, do zero, que te dê prazer.

Isso fará com que você seja a pessoa mais rica do mundo: aquela que saiu o mundo das necessidades e trabalha só com aquilo que quer e o quanto quer!

Casos de pessoas que largam uma carreira para seguir um sonho, parecem de muita coragem e aventura. Mas se você seguiu os dois passos anteriores que mencionamos, você vai evitar cair nessa armadilha em que o Antônio Marcello caiu, de buscar ficar rico rápido, acumulando projetos e tarefas infindáveis (em vez de acumular riqueza de maneira sábia), acelerando a vida (já parou e pensou que, se aceleramos demais a vida, o que fazemos é justamente aproxima mais rápido do final dela?) e colocando questões mais importantes como a saúde e a família em segundo lugar.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *